24 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍTICA Quinta-feira, 21 de Dezembro de 2023, 15:01 - A | A

Quinta-feira, 21 de Dezembro de 2023, 15h:01 - A | A

PARCERIA

TV Assembleia chega a 45 municípios de MT com o programa Digitaliza Brasil

Redação

Mais 45 cidades de Mato Grosso passam a receber o sinal em alta definição da TV Assembleia. A expansão integra o projeto Digitaliza Brasil, do Governo Federal, que estabelece as diretrizes para a conclusão do processo de digitalização dos sinais da televisão analógica no Brasil. Com imagem e som altamente definidos, agora mais pessoas têm acesso a toda produção legislativa, notícias, debates, conteúdos culturais e muitos mais produzidos pela emissora legislativa de Mato Grosso. 

“Esse é mais um passo no reforço da democracia, da transparência e do trabalho do Poder Legislativo”, afirmou o presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho (União). O próximo passo, segundo ele, é a expansão do sinal da TVAL para a TV a cabo. “O objetivo é chegar a todo estado e a todo cidadão, por meio da nossa comunicação via TV e rádio. Aí sim vamos chegar a todos os lugares do estado, seja por canal aberto ou fechado. A Assembleia em todos os lugares mesmo”, comemorou. 

Botelho explica que a expansão garante mais transparência e cidadania, garantindo o acesso da população para participar de tudo que acontece no Parlamento. “Ao ver na TV AL o que está acontecendo e quais os projetos estão sendo discutidos, o cidadão pode apresentar suas críticas e sugestões para as melhorias”, avaliou. “Nós queremos a participação de todo cidadão mato-grossense nos projetos e nas discussões que a Casa propõe. Por isso aqui [ALMT] se chama Casa Cidadã”, concluiu.

O superintendente da emissora, jornalista Jaime Figueiredo, explicou que a parceria com Governo Federal, por meio do programa Digitaliza Brasil, viabiliza a instalação de equipamentos de transmissão necessários para a digitalização das emissoras de televisão e a distribuição de conversores digitais para a população de baixa renda dos municípios com menos de 50 mil habitantes. “A instalação das torres de transmissão e dos equipamentos é feita por uma empresa terceirizada e a estrutura fica sob os cuidados da prefeitura. Nossa equipe acompanha os trabalhos para fazer a liberação do sinal da TV Assembleia ", detalhou.

Ele avalia que, para a emissora do Parlamento, a iniciativa promove não somente a inclusão digital, mas também a social. “Com isso, a população tem, cada vez mais, a oportunidade de acompanhar não só a programação da ALMT, mas também da rede Câmara que é parceira da TVAL na produção de conteúdo”, afirmou. “O cidadão passa a ter informação direta da fonte a fim de que ele mesmo possa acompanhar de perto tudo que acontece e construir opinião sobre as discussões e ações políticas realizadas pelos parlamentares”, destacou.  O próximo passo segundo ele é expandir o sinal da TVAL para outros municípios com a liberação dos  novos canais.

O município de Arenápolis é uma das cidades atendidas pela parceria da TVAL e o Digitaliza Brasil. Com a finalização do processo de digitalização dos sinais da televisão analógica, passa a receber o sinal da emissora pública no canal 9.2. “A população ganha muito com o acesso a um canal de comunicação da Assembleia”, estacou o prefeito do município Éderson Figueiredo. “O cidadão, muitas vezes, não tem acesso direto e a TV Assembleia vai proporcionar informações importantes que, muitas vezes, têm impacto direto na vida da população daqui”, avaliou.

Novo prazo para o desligamento do sinal analógico - O Ministério das Comunicações (MCom) publicou no último dia 8 a Portaria nº11476 estendendo o prazo até junho de 2025 para o encerramento das transmissões analógicas de TV aberta em 1.005 cidades que ainda não concluíram o processo. O novo cronograma estabelece duas etapas, a primeira a ser concluída até 15 de dezembro deste ano e a segunda em junho de 2025.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

O adiamento do desligamento dos sinais analógicos visa evitar a falta de sinal para a população em municípios de pequeno porte que não possuem recepção digital satisfatória dos canais de televisão.

Confira a lista de canais da TV AL nos municípios atendidos até agora:

Água Boa  /  canal 9.2

Alto Boa Vista  /  canal 9.2

Alto Garças  /  canal 9.2

Araguaiana  /  canal 9.2

Araguainha  /  canal 9.2

Arenápolis  /  canal 9.2

Aripuanã / Canal 9.2

Barra do Bugres  /  canal 9.2

Campo Novo do Parecis  /  canal 9.2

Campos de Júlio  /  canal 9.2

Carlinda  /  canal 9.2

Castanheira  /  canal 9.2

Cocalinho  /  canal 9.2

Colíder  /  canal 9.2

Comodoro  / canal 10.2

Feliz Natal  /  canal 9.2

Gaúcha do Norte  /  canal 9.2

Indiavaí  /  canal 9.2

Itaúba  /  canal 9.2

Jauru  /  canal 9.2

Luciara  /  canal 9.2

Mirassol d Oeste  /  canal 9.2

Nortelândia  /  canal 9.2

Nova Brasilândia  /  canal 9.2

Nova Lacerda  /  canal 9.2

Nova Monte Verde  /  canal 9.2

Nova Xavantina  /  canal 9.2

Novo São Joaquim  / canal 9.2

Paranatinga  /  canal 9.2

Pedra Preta  /  canal 9.2

Planalto da Serra  /  canal 9.2

Poconé  /  canal 9.2

Porto Alegre do Norte  /  canal 9.2

Porto Esperidião  /  canal 9.2

Poxoréo  /  canal 9.2

Ribeirão Cascalheira  /  canal 9.2

Ribeirãozinho  /  canal 9.2

Rio Branco  /  canal 9.2

Tabaporã  /  canal 9.2

Tapurah  /  canal 9.2

Terra Nova do Norte  /  canal 9.2

Tesouro  /  canal 9.2

Torixoréu  /  canal 9.2

Vera  /  canal 9.2

Vila Bela da S. Trindade  /  canal 9.2

 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image