24 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

SAÚDE Quinta-feira, 24 de Novembro de 2022, 10:26 - A | A

Quinta-feira, 24 de Novembro de 2022, 10h:26 - A | A

AGENTES DE SAÚDE

Mais de 1,5 mil agentes de saúde e de combate às endemias recebem diploma de curso técnico em MT

Cuiabá encerra o período das solenidades de diplomação, realizadas em várias cidades polos do curso no Estado

Redação

Momento único na vida de todo estudante, a formatura pode ser resumida pela palavra “conquista”. Nesta quarta-feira (23.11), alunos da segunda turma do Curso de Formação Profissional Técnico em Agente Comunitário de Saúde (TACS), com ênfase em Endemias de Mato Grosso, da cidade polo de Rondonópolis (212 km de Cuiabá), recebem o diploma de conclusão no curso, na penúltima solenidade desta edição.

Os eventos de diplomação terminam em Cuiabá, no próximo dia 29, no teatro Zulmira Canavarros, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Já foram contemplados com a cerimônia de diplomação, neste mês, estudantes dos municípios polos de Sinop, Juara, Peixoto de Azevedo, Tangará da Serra, Barra do Garças, Água Boa e Primavera do Leste. No total, estão se formando na segunda turma do curso, 1.568 alunos. Somando as duas edições, de 2021 e 2022, são 2.715 agentes formados no estado.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).


Relator da Câmara Setorial Temática dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate a Endemias (ACE), da ALMT, Carlos Eduardo dos Santos, destaca que o segundo ano do curso cumpriu com o objetivo, iniciativa da Casa de Leis, através da Escola do Legislativo e apoio do deputado Max Russi. “Foram poucas evasões este ano e estamos formando 1.568 novos alunos, um ganho para toda a sociedade de Mato Grosso”, frisou o relator.

Ele lembra que a diplomação é um importante complemento nas demais vitórias da categoria neste ano, como a da Emenda Constitucional 120, que fixou piso salarial de no mínimo dois salários-mínimos para a categoria, além de adicional de insalubridade e aposentadoria especial.

“O curso complementa essas vitórias, uma vez que os profissionais passam a ter mais valorização junto às Secretarias Municipais e seus prefeitos, que também se veem na obrigação de cumprirem com o que está previsto na Emenda Constitucional 120”, justificou Carlos Eduardo.

Para o agente de combate às endemias Pedro Fernando, do município de Campinápolis, estudante na cidade polo de Água Boa, o curso foi uma das melhores experiências vividas, com conteúdos proveitosos e práticos, que serão usados na atividade diária. “Foi uma experiência única, que exigiu bastante dos alunos, mas que nos proporcionou muito conhecimento e que será de grande importância na aplicação do nosso trabalho”, comentou.

Já com o diploma em mãos, o agente agradeceu à Assembleia Legislativa, e em especial, ao deputado Max Russi. “A formatura foi muito emocionante, principalmente para quem nunca participou de um momento como esse. Me senti valorizado como profissional e só tenho a agradecer ao deputado Max Russi pelo trabalho e empenho em proporcionar o curso aos profissionais agentes de saúde e de combate às endemias”, finalizou Pedro.

Sobre o curso TACS/MT

A capacitação é promovida gratuitamente pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), através da Escola do Legislativo, e conta com apoio do Governo Estadual, Secretarias Municipais e Prefeituras. A execução é realizada pelo Instituto Brasil Adentro. A qualificação é voltada exclusivamente aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e de Combate à Endemias (ACE) de Mato Grosso, e ocorre no formato de Ensino à Distância (on-line), com aulas práticas e material didático totalmente gratuito. Mais informações pelo site: www.tacsmt.com.br.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image