24 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

VARIEDADES Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2022, 10:15 - A | A

Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2022, 10h:15 - A | A

CONFISSÕES DA ATRIZ

Cara Delevingne: Vício em pornô, sexo grupal e leilão de vídeo

UOL SPLASH

A atriz e modelo Cara Delevingne, de 30 anos, confessou ter sido viciada em consumir pornografia para conseguir ter orgasmos.

 

"Não conseguia [ter orgasmos] por muito tempo até alguns anos atrás, quando comecei a tentar me masturbar sem assistir e era difícil. Sem um brinquedo sexual também", disse a artista em entrevista ao documentário feito pela Planet Sex. A produção vai ao ar na BBC a partir de hoje.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Delevingne acredita que o conteúdo a fez ter "menos respeito" e "uma relação sexual muito pior consigo mesma".

 

 

A atriz acumula confissões sobre sua vida íntima. Confira:

 

 

Seminário de masturbação

 

Ainda no documentário da "Planet Sex", Cara Delevingne revelou ter participado de um seminário de masturbação.

 

A atriz participou sem fazer personagens no documentário, e relatou uma descoberta de que seria muito 'puritana' após participar do seminário, segundo a revista Variety. Cara falou mais sobre o assunto em entrevista a um canal de TV de Cannes, 'Mipcom'.

 

"Fui num seminário de masturbação pensando que seria tipo uma aula e eu teria um caderno e tal. Ao invés disso, tinha um tapete de couro rosa no chão e seis pessoas falando: 'Bom, tire sua roupa íntima. Aqui está o lubrificante'", disse ela.

 

Contribuição para estudo sobre orgasmos

 

A atriz doou amostras de seu sangue antes e após atingir o clímax em uma relação sexual para pesquisadores que estudam o orgasmo.

 

Segundo o site Daily Mail, a intenção do trabalho é analisar os efeitos do clímax na química do corpo da modelo. O experimento mede os níveis de endocanabinóides no sistema antes e depois do orgasmo.

 

A britânica concordou em participar da pesquisa como parte de uma investigação sobre a "disparidade do clímax entre gêneros" ("gender climax gap", em inglês). O termo é usado para descrever por que os homens são mais propensos a ter um orgasmo durante o sexo do que as mulheres.

 

Em entrevista em frente a um hospital na Alemanha, onde retirou as amostras de sangue, Cara disse que o resultado do estudo será apresentado no documentário da "Planet Sex".

 

"Os cientistas dizem que 95% dos homens heterossexuais têm um orgasmo durante a relação sexual, contra apenas 65% das mulheres. Sendo sincera, acho que esse número [de mulheres] parece muito alto. A maioria das minhas amigas heterossexuais dizem que a porcentagem deve estar entre 15 ou 20", comentou a artista.

 

Leilão de vídeo da vagina

 

A modelo usou o mercado de artes digitais para uma boa causa: leiloar um vídeo em que fala sobre a sua própria vagina e destinar o lucro a uma fundação beneficente.

 

"Minha primeira palavra foi 'minha'. Para mim, isso significa algo que é mais meu — minha vagina. Eu a possuo. É minha e de mais ninguém. Eu escolho o que faço com isso. E ninguém pode tirar isso de mim", afirmou ela em seu vídeo.

 

Sexo no elevador e grupal

 

Para a série "Lady Parts", a atriz confidenciou já ter feito sexo em um elevador, classificando o ato como uma "aventura única".

 

Ela também admitiu ter feito sexo em grupo, mas não revelou qual foi a melhor experiência que já teve.

 

"É complicado, especialmente quando você faz sexo com homens e mulheres. Com sexo grupal também é divertido. Não sei, é difícil decidir", destacou.

 

Passado homofóbico

 

Em 2020, Cara Delevingne se assumiu pansexual para os seus fãs, mas confessou que teve uma criação "antiquada" que a fez ser uma pessoa homofóbica e suicida.

 

Ela atribuiu sua luta contra a depressão e os pensamentos suicidas a essa dificuldade de aceitar a própria sexualidade.

 

"Eu me sentia muito envergonhada por ser aquilo [que odiava]. Hoje em dia, acho que é a parte de mim que mais amo e aceito", comentou Cara.

 

 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image