13 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

VARIEDADES Terça-feira, 05 de Novembro de 2019, 14:40 - A | A

Terça-feira, 05 de Novembro de 2019, 14h:40 - A | A

INAUGURAÇÃO EM JANEIRO

Dono do Ditado Popular abrirá novo bar no lugar do Getúlio Grill

Mídia News

O empresário Elson Ramos, dono da rede Ditado Popular, confirmou que irá abrir um novo bar e restaurante onde funcionou o Getúlio Grill por 25 anos.

 

Localizado na Avenida Getúlio Vargas, região central de Cuiabá, o Getúlio encerrou suas atividades no último dia 2 de outubro, por conta de aluguéis atrasados que já ultrapassavam a soma de R$ 500 mil.

 

Elson, que também é sócio e proprietário da casa de festas Musiva, Bar das Águas, do Paris 6 e do Boteco 065, desta vez está em sociedade para o novo empreendimento com o empresário Gian Castrillon.

 

De acordo com eles, o contratro de locação já foi fechado e o novo bar e restaurante deve ser inaugurado em janeiro de 2020. As reformas irão começar já neste mês de novembro.

 

“Vai ser um processo de reforma em todo o prédio, porque ele está muito precário e necessita de mudanças desde as paredes, o piso, pias e tudo mais”, afirmou um dos sócios ao MidiaNews.

 

Temos certeza que vai ser um sucesso. É um novo projeto, novas ideias, vai ser uma reforma bem bonita e o povo cuiabano vai gostar

Diferente dos demais estabelecimentos de Elson, onde a música sertaneja prevalece, a promessa é de que o novo estabelecimento seja mais eclético.

 

“Vamos trazer um novo conceito de bar e restaurante. Não vai ser um bar sertanejo, vai ser um bar meio eclético. Vamos tocar um eletrohouse, um pop rock, claro com um pouco de sertanejo, mas tudo bem eclético”, contou.

 

Para os empresários, a ideia de abrir um bar e restaurante onde já existia um do mesmo segmento há 25 anos, com boa referência e cozinha respeitada, é na verdade um dos motivos para terem locado o ponto.

 

Os sócios ainda acreditam que o Getúlio Grill fechou as portas porque o estabelecimento “não se modernizou”.

 

“O Getúlio faliu por motivos óbvios. Nunca reformou o local, ele não se modernizou, ficou para trás e isso pode ser um dos resultados que veio a falir, porque no mercado você tem que estar sempre atento”, afirmaram.

 

A dupla afirmou que está entusiasmada e confiante com a inauguração. “Temos certeza que vai ser um sucesso. É um novo projeto, novas ideias, vai ser uma reforma bem bonita e o povo cuiabano vai gostar”, completaram.

 

Crise no Getúlio

 

Em setembro deste ano, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) determinou o despejo imediato do restaurante.

 

Nos pedidos de falência e despejo protocolados na Justiça, o proprietário do imóvel alegou não receber os aluguéis desde o final do ano passado. A dívida, segundo o dono, já ultrapassa R$ 500 mil.

 

O dono do Getúlio Grill, Afonso Salgueiro, disse que chegou a pedir ao dono do terreno para reduzir o valor do aluguel, mas isso causou uma briga entre as partes. O empresário lamentou a situação, mas aceitou o fim do tradicional restaurante.

 

“Chegou ao fim. O dono do terreno brigou comigo. Eu pedi para abaixar o aluguel, ele não gostou. Aí falei que não ia mais pagar o aluguel e fiquei sem pagar um ano. Agora está na execução do despejo”, explicou.

 

Além do alto valor no aluguel, Salgueiro também atribuiu a crise aos novos restaurantes que chagaram a Capital com o Shopping Estação. Ele notou que os novos estabelecimentos estão sempre lotados, mas os tradicionais bares na rua "vivem às moscas".

 

“O grande problema mesmo foi a abertura do Shopping Estação. Vieram o Coco Bambu e mais restaurantes de fora. Todos os dias que você vai lá, está super lotado, enquanto que, nas ruas de Cuiabá, todos os bares estão vazios. Lá tem estacionamento, ar-condicionado, tem tudo”, afirmou.

 

 

 

 

 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image