24 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

VARIEDADES Terça-feira, 19 de Dezembro de 2023, 16:28 - A | A

Terça-feira, 19 de Dezembro de 2023, 16h:28 - A | A

INFLUENCIADOR FITNESS

Renato Cariani é indiciado por associação para o tráfico de drogas

DO METRÓPOLES

O influenciador fitness Renato Cariani, de 47 anos, foi indiciado pela Polícia Federal (PF) nesta segunda-feira (18/12) por tráfico equiparado, associação para tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

 

Cariani prestou depoimento à PF por mais de quatro horas na tarde desta segunda-feira, na sede da PF em São Paulo, sobre um suposto esquema desvio de produtos químicos para produção de drogas como crack e cocaína.

 

Ele chegou na sede da PF por volta das 13h30 acompanhado de seu advogado. Cariani comentou que falaria com a imprensa na saída, para “esclarecer tudo” após a oitiva, mas não conversou com jornalistas até a publicação desta reportagem.

 Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

 

 

Os advogados de sua sócia, Roseli Dorth, vieram à PF comunicar que ela não iria prestar depoimento, alegando que sua defesa não teve acesso aos autos do processo.

Como mostrado pelo Metrópoles, depósitos de R$ 212 mil, em dinheiro vivo, em nome da AstraZeneca, deram origem a toda a investigação que levou a buscas e apreensões na mansão do influenciador fitness, na semana passada. O laboratório não reconheceu como seus os repasses em espécie à Anidrol — empresa da qual o fisiculturista é sócio — e, por isso, fez uma denúncia à PF.

 

Segundo as investigações, o esquema do qual o influencer faria parte desviou, em seis anos, uma quantidade de substâncias químicas capaz de produzir 15 toneladas de crack.

 

O influencer e outras três pessoas tiveram a prisão preventiva solicitada pela PF na Operação Hinsberg, deflagrada no último dia 12. O pedido, no entanto, foi negado pela Justiça. Ao todo, 18 mandados de busca e apreensão foram cumpridos, em endereços em São Paulo, Paraná e Minas Gerais.

 

Um dos mandados foi cumprido na mansão do influenciador.

 

Descoberta do esquema

 

A história começou em 2017, quando, pela primeira vez, a AstraZeneca foi notificada pela Receita Federal para explicar negócios com a Anidrol.

 

O fisco identificou dois depósitos, um no valor de R$ 103,5 mil e outro de R$ 108,5 mil, nas contas da Anidrol em nome da AstraZeneca.

 

A empresa do influencer, que também havia sido notificada, disse ao fisco que forneceu à AstraZeneca cloreto de lidocaína, substância usada pela indústria farmacêutica e que também pode ser manipulada para a produção de crack.

 

E mostrou à Receita trocas de e-mails com um suposto representante da AstraZeneca chamado Augusto Guerra, que negociava a compra da substância diretamente com Cariani.

 

A AstraZeneca afirmou aos investigadores que nunca manteve “qualquer relação comercial” com a Anidrol e que a empresa não está cadastrada na relação de fornecedores. Também disse que não faz pagamentos em espécie. Além disso, o tal “Augusto Guerra” não tem qualquer relação com o laboratório.

 

Uma analista de compras da AstraZeneca afirmou, em depoimento, que “houve o risco institucional que a empresa correu ao ter seus dados vazados e utilizados por terceiros desconhecidos sem o seu aval”.

 

A denúncia foi feita em julho de 2019, quando o laboratório respondia ao escrutínio da Receita.

 

Influencer de sucesso

 

Com mais de 7 milhões de seguidores no Instagram e 6 milhões no YouTube, Cariani é um dos mais conhecidos influenciadores fitness do país.

 

Ele ganhou as redes sociais ao dar dicas de emagrecimento e fazer projetos fitness com atletas e personalidades da televisão brasileira, como Danilo Gentilli e MC Daniel.

 

 

 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image