15 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

CIDADES Terça-feira, 12 de Dezembro de 2023, 13:27 - A | A

Terça-feira, 12 de Dezembro de 2023, 13h:27 - A | A

CONSCIENTIZAÇÃO

Prefeitura de Cuiabá reforça orientação sobre veto ao uso de fogos de artifícios que produzam estampido

Redação

Fim de ano em contagem regressiva e o uso de fogos de artifício aumenta. Porém, é preciso conscientizar que este espetáculo traz consequências danosas para a população (especialmente para idosos, enfermos, crianças e portadores do Transtorno do Espectro do Autismo (TEA)). Os animais e meio ambiente também são bastante prejudicados. Primando pelo bem-estar da população e da cidade como um todo, o prefeito Emanuel Pinheiro sancionou a Lei 6.644/2021, que proíbe o manuseio, a utilização, a queima e a soltura de fogos de artifício e artefatos pirotécnicos que produzam estampido em locais públicos e privados. 

Em casos de descumprimento à normativa, os infratores estão sujeitos a multa em torno de dois mil reais, valor que será dobrado no caso de reincidência, entendendo como reincidência o cometimento da mesa infração num período inferior a 30 dias. 

A orientação é para que as pessoas utilizem da criatividade evitando acidentes, tais como fogos indoors, chuva de papel e até, em alguns locais, luzes de LED, drones, além dos chamados  "fogos de vista" (que não produzem estampido). 

O secretário de Ordem Pública, Leovaldo Sales, destaca que encontra bastante dificuldade no trabalho de fiscalização. "Conscientização, é disso que precisamos, pois para nós não é fácil responsabilizar determinado infrator, isso porque a soltura de fogos se dá sempre em ambiente onde existem muitas pessoas como em festas, em eventos esportivos ou políticos e, tradicionalmente nos festejos de Natal e Réveillon”, pontua Sales ao explicar que todos os anos a secretaria envia nota preventiva aos locais que sabidamente realizarão festejos de final de ano. “Mais uma vez, rogamos a consciência de todos os cidadãos quanto à essa proibição, sempre destacando os problemas que causa na sociedade”, completou o secretário. 

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Veja algumas alternativas criativas para substituir os fogos 

Balões de hélio, uma ideia que tem agradado algumas cidades pelo planeta, as quais optam por essa prática para oferecer aos seus habitantes um belíssimo show da virada. Projeções virtuais no céu, onde as nuvens são utilizadas como uma tela para um projetor de cinema gigante reproduzir lindas imagens diretamente no céu. Lança-chamas, que é uma grande estrutura feita de metal que lança chamas para o ar. Tem também os drones que são especialmente ótimos para shows aéreos. Nos Estados Unidos e na China já apareceram como substitutos dos fogos de artifício. 

Riscos ao planeta e acidentes 

Vale lembrar que os poluentes emitidos com a queima de fotos, aumentam a concentração de substâncias contaminantes no ar em torno de 71,6%. Além do mais tem a questão dos acidentes como queimaduras, lesões com lacerações, cortes e até amputações de membros. 

Diante disso, a Prefeitura de Cuiabá pede a todos os munícipes que sejam conscientes quanto ao uso dos fogos de artifícios, especialmente, nas festas do fim de ano. 

Para os atendimentos relacionados a Poluição Sonora a Secretaria de Ordem Pública e Defesa Civil disponibiliza o Disque-Silêncio, que funciona nos telefones (65) 3616 9614 e 99341-3000, de quinta-feira a domingo, a partir das 22 horas até as 3 horas. Já a DBEA, no expediente de segunda a sexta-feira, das 08h às 12 e das 14h às 18h, pelo aplicativo de troca de mensagens - WhatsApp: (65) 99207-4318.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image