13 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

GERAL Quinta-feira, 24 de Outubro de 2019, 14:48 - A | A

Quinta-feira, 24 de Outubro de 2019, 14h:48 - A | A

EX-PRESIDENTE

MPF pede que Justiça anule condenação de Lula no sítio de Atibaia

EXAME

 O Ministério Público Federal do Rio Grande do Sul solicitou nesta quarta-feira (24) que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) anule a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do sítio em Atibaia. Lula foi sentenciado a 12 anos e 11 meses de prisão pela primeira instância da Justiça.

 

 

O julgamento sobre a possível anulação da pena do petista no caso do sítio foi marcado o próximo dia 30 pelo desembargador João Pedro Gebran Neto, que é o responsável pelos processos da Lava-Jato na segunda instância. A data foi marcada antes mesmo do pedido do MPF, e será julgada uma solicitação da defesa do ex-presidente para que o processo volte à primeira instância.

O procurador Mauricio Gotardo Gerum, do MPF, também pede que a ação volte para a fase de alegações finais e, assim como os advogados de Lula, cita a decisão do Supremo Tribunal Federal que definiu que réus delatados devem fazer as suas alegações finais depois dos réus delatores.

O MPF entende ser necessário pedir a revisão da sentença para evitar que o processo todo seja anulado. Com base nesse mesmo argumento, a segunda turma do STF decidiu soltar, em agosto, o ex-presidente da Petrobras Aldemir Bendine.

 



 

 

.

FONTE: EXAME

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image