17 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLICIA Quarta-feira, 03 de Julho de 2024, 09:37 - A | A

Quarta-feira, 03 de Julho de 2024, 09h:37 - A | A

DELEGACIA DE ESTELIONATO

Advogado do RJ condenado a mais de 40 anos de prisão é preso pela Polícia Civil em Cuiabá

Além dele, outro estelionatário do Amapá foi preso na Capital pela Delegacia de Estelionato

Redação

Dois estelionatários, foragidos dos estados de Rio de Janeiro e do Amapá que estavam residindo em Cuiabá, tiveram mandados de prisão cumpridos pela Polícia Civil de Mato Grosso, nesta terça-feira (02), em investigações realizadas pela Delegacia Especializada de Estelionato e Outras Fraudes.

Entre os presos, o advogado A.C. G., condenado a 40 anos e três meses de reclusão pelo crime de estelionato pela 32ª Vara Criminal do Rio de Janeiro (RJ).

O advogado é acusado de fraudar documentos, usar petições em nome de falsos clientes, ou de clientes que não haviam sido lesados, e se utilizar de informações consideradas inverídicas contra empresas privadas (bancos e operadoras de telefonia). Se somados todos os casos, a fraude poderia chegar a mais de R$ 210 mil.

As investigações apontam que após ter a ordem prisão decretada no estado do Rio de Janeiro, o advogado veio para Mato Grosso, onde continuava advogando.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Em outra diligência, os policiais da Delegacia de Estelionato deram cumprimento ao mandado de prisão contra outro golpista, foragido do estado do Amapá. O suspeito estava com mandado de prisão preventiva decretado pela Central de Garantias e Execução de Penas e Medidas Alternativas do Tribunal de Justiça do Amapá pelo crime de estelionato.

Após tomar conhecimento dos dois mandados de prisão em aberto e que os foragidos estavam residindo em Cuiabá, os policiais fizeram o levantamento dos endereços, onde os procurados foram localizados e tiveram as ordens judiciais cumpridas. Após as providências cabíveis, os presos foram colocados à disposição da Justiça.

Comente esta notícia

Gildacy de Souza Silva 03/07/2024

Gosto de resbe as notícias para ficar emformada

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image