25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLICIA Quinta-feira, 22 de Dezembro de 2022, 09:11 - A | A

Quinta-feira, 22 de Dezembro de 2022, 09h:11 - A | A

INVESTIGAÇÃO DHPP

Autor de homicídio qualificado e tentativa de feminicídio no Pedra 90 é alvo de operação

Redação

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), apreendeu quatro armas de fogo e mais de 400 munições, em ação realizada na terça-feira (20.12), para cumprimento de mandado de prisão contra o autor de crime de homicídio qualificado e tentativa de feminicídio, ocorrida no mês de outubro, no bairro Pedra 90, em Cuiabá. 

A ordem de prisão contra Evaldo Santana de Miranda, de 53 anos, foi expedida pela Justiça com base em investigações da DHPP, que o apontaram como o autor da tentativa de feminicídio praticado contra a sua ex-companheira e do homicídio qualificado que vitimou, Danilo Francisco Arruda de Oliveira, de 27 anos, que mantinha um relacionamento com a vítima na época dos fatos.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

O crime ocorreu no dia 18 de outubro, em uma residência no bairro Pedra 90, em Cuiabá. Na ocasião, a moradora da residência foi encontrada no andar debaixo da casa, alvejada por disparos de arma de fogo. No andar de cima, o namorado dela, Danilo Francisco, foi encontrado já sem vida com disparo de arma de fogo na região da cabeça. 

Enquanto era socorrida, a vítima de tentativa de feminicídio revelou que o autor dos disparos era seu companheiro, morador da cidade de Santo Antônio de Leverger. Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da DHPP iniciou as investigações levantando elementos que comprovavam a autoria do crime. 

Diante das evidências, o delegado da DHPP, Caio Fernando Alvares de Albuquerque, representou pela prisão preventiva do investigado que estava foragido desde o crime. Segundo as investigações da DHPP, o investigado era considerado uma pessoa de alta periculosidade e com conhecimento em área rural, uma vez que realizava trabalhos de segurança em fazendas de Santo Antônio e recebia apoio moradores da região para se esconder. 

Enquanto estava foragido, o investigado continuava entrando em contato com a ex-companheira, por meio de ligações telefônicas, com o fim de intimidá-la. 

Na terça-feira (20), os policiais da DHPP receberam informações de que o foragido estava escondido em uma fazenda nas proximidades do portal de acesso ao município. Por se tratar de área rural, foram acionadas as equipes da Gerência de Operações Especiais (GOE) e do Centro Integrado de Operações Aéreas para dar apoio à operação.

Durante a ação, foi realizado o adentramento na casa principal da propriedade, ocasião em que o procurado, em posse de um revólver calibre 38, desobedecendo a determinação policial de se render, apontado a arma para os policiais, ocasião em que o investigado foi alvejado pela equipe, não resistindo aos ferimentos e morrendo no local. 

A Corregedoria da Polícia Civil foi acionada e assumiu a ocorrência. Em buscas na residência, foram apreendidas dois revólveres municiados, duas espingardas municiadas e mais de 400 munições, além de dois aparelhos celulares, sendo que o smartphone estava embalado em papel-alumínio, possivelmente para burlar qualquer tentativa de localização de sinal do aparelho.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image