19 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLICIA Terça-feira, 26 de Novembro de 2019, 13:33 - A | A

Terça-feira, 26 de Novembro de 2019, 13h:33 - A | A

DETIDO

Estuprador que atacou mulher em parque é preso pela PM em Sorriso

Circuito MT

Um jovem de 21 anos, identificado como Dhemison Rodrigues de Oliveira, foi preso na manhã desta terça-feira (26), em Sorriso (398 km de Cuiabá-MT), suspeito de estuprar uma mulher de 26 anos na última sexta-feira (26), em um parque da cidade. O rapaz confessou o crime.

Segundo o delegado Nilson Farias, responsável pela condução das investigações, o criminoso estava a caminho do trabalho quando foi abordado pela Polícia Militar. Ele percorria o mesmo trajeto feito no dia do crime e tinha as mesmas características informadas pela vítima.

Após ser levado para a delegacia, Dhemison disse em depoimento que estava alterado no momento em que estuprou a mulher.

“Não persegui ela. Eu só estava lá, vi ela e fiz o negócio que vocês sabem. Eu sou casado. Nunca fiz isso e estou arrependido. Errar é humano. Não é certo, mas eu estava embriagado", contou o abusador.

Os policiais foram até a casa do jovem e encontraram as roupas utilizadas por ele no dia do ocorrido.

Ele havia sido flagrado por câmeras de segurança minutos depois do crime, trafegando com a sua moto no bairro Recanto dos Pássaros, próximo ao Parque das Araras, onde o suspeito molestou a mulher.

De acordo com o delegado Nilson Farias, a Polícia Civil irá pedir a prisão preventiva de Dhemison à Justiça. (Com informações de Portal Sorriso)

Estupro

Segundo as primeiras informações, o crime ocorreu por volta de 5h. Um homem, que estava em uma motocicleta, abordou a vítima para pedir uma informação. Porém, logo em seguida, o suspeito partiu para cima da mulher e a abusou sexualmente.

O ato durou, aproximadamente, uma hora. O criminoso ainda rasgou a roupa da mulher e ejaculou nela. Não satisfeito, o agressor também levou o celular dela antes de deixar o local. 

Desesperada, a vítima pediu socorro e foi levada para um hospital, onde recebeu os primeiros cuidados médicos. Ela também recebeu um coquetel anti-HIV.

O delegado Nilson Farias, responsável pelo caso, contou que a mulher está completamente abalada.

Segundo o relato, o estuprador tinha uma tatuagem no pescoço, mãos calejadas e utilizava roupas e artigos de pedreiro.

 

 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image