25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLICIA Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2022, 09:49 - A | A

Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2022, 09h:49 - A | A

183 TONELADAS

PRF participa de ação para incineração de agrotóxicos ilegais apreendidos em MT

Redação

Em Cuiabá, cerca de 65 toneladas de agrotóxicos proibidos no Brasil, apreendidos no estado de Mato Grosso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), pela Polícia Militar (PM) e demais órgãos fiscalizadores do estado, foram preparados para incineração.

A PRF participou da preparação logística e assessoramento operacional para descarga e inutilização do material. São produtos que já passaram por laudos e foram destinados para a destruição, após constatação de ilegalidade.

O estado de Mato Grosso é um grande produtor de grãos, responsável por abastecer não só o Brasil, mas todo o mundo. Com isso, tem-se o crescimento da importância de enfrentamento ao mercado de insumos ilegais no estado, principalmente no que se refere ao uso de agrotóxicos.

No ano de 2022 a PRF apreendeu aproximadamente 183 toneladas de agrotóxicos ilegais em Mato Grosso, causando um prejuízo de mais 101 milhões de reais para o crime organizado.

O processo de inutilização do produto é realizado em câmaras especiais, com temperaturas superiores a 800ºC, que controlam emissões atmosféricas e evitam contaminação do ar, dos solos e de mananciais. Em Mato Grosso, a inutilização é feita em parceria com a CropLife Brasil (CLB), empresa responsável por coordenar toda a logística da operação.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Os agrotóxicos ilegais, sem registro no Mapa, constituem risco para a agropecuária, pela ausência de procedência e eficácia do produto para o controle e combate às pragas; risco à saúde, pela exposição à ingredientes ativos e componentes desconhecidos, tanto dos usuários, durante a aplicação do produto, como dos consumidores de alimentos; e risco ao meio ambiente, pela exposição da fauna e da flora às substâncias químicas desconhecidas, que podem causar mortes ou danos graves ao equilíbrio ambiental.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image