18 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍTICA Terça-feira, 19 de Dezembro de 2023, 15:30 - A | A

Terça-feira, 19 de Dezembro de 2023, 15h:30 - A | A

QUESTÕES DIPLOMÁTICAS

Novos integrantes do Parlamento do Mercosul tomam posse em Montevidéu

Agência Senado

Em cerimônia na segunda-feira (18) em Montevidéu, no Uruguai, tomaram posse de novos integrantes do Parlamento do Mercosul (Parlasul). O grupo é formado por 37 parlamentares brasileiros, entre senadores e deputados, que constituem um total de mais de 100 congressistas, da Argentina, do Uruguai, do Paraguai e da Bolívia.

O presidente da delegação brasileira é o senador Nelsinho Trad (PSD-MS) eleito em setembro para novo mandato de dois anos no cargo.  

Um dos empossados, o senador Carlos Viana (Podemos-MG) afirmou que o Parlasul tem a responsabilidade de debater questões diplomáticas e assuntos relativos a agricultura, comércio e indústria, por exemplo. Viana destacou a integração entre os países do bloco e a intermediação de demandas dos setores empresariais e da sociedade civil feita pelos parlamentares. Para ele, a união ajuda a desenvolver todos os países-membros. 

— Começamos esta semana com muito trabalho. Estou muito feliz por ter sido escolhido para representar o Brasil no Mercosul, sendo uma experiência que me torna ainda mais maduro. Ao conviver com todos os demais países, a gente aprende muito. São decisões que impactam nossas cidades, e boas e novas ideias para implementarmos em Minas, em Belo Horizonte e no Brasil — disse à Agência Senado

Bolívia

Durante a cerimônia, o senador boliviano Adolfo Mendoza comemorou a recente aprovação, pelo Parlamento brasileiro, da adesão da Bolívia como membro pleno do Mercosul.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

— Isso mostra o valor da diplomacia parlamentar para apostar na integração. Merece reconhecimento o trabalho do Parlasul e o compromisso da bancada brasileira do grupo —, afirmou.

O Protocolo de Adesão da Bolívia ao Mercosul, instituído pelo Projeto de Decreto Legislativo 380/2023, foi aprovado pelo Senado em novembro, após quase oito anos desde sua assinatura pelos presidentes dos países membros do bloco. Vice-presidente do Parlasul, o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) considerou que a entrada da Bolívia vai fortalecer o bloco.  

— Se considerarmos a Venezuela com as maiores reservas individuais em petróleo do mundo e a Bolívia com a maior reserva de lítio do planeta, significa que estamos construindo desde o ponto de vista econômico, cultural e estratégico a negociação do Acordo UE-Mercosul — afirmou Chinaglia, que participou do evento em Montevidéu.

Parlasul

O Parlamento do Mercosul tem sede em Montevidéu e funciona desde maio de 2007 com reuniões pelo menos uma vez a cada mês. O grupo é composto por 26 parlamentares argentinos, 18 uruguaios, 18 paraguaios, 13 bolivianos. Os brasileiros são os senadores Humberto Costa (PT-PE), Renan Calheiros (MDB-AL), Teresa Cristina (PP-MS), Eduardo Girão (Novo-CE), Alan Rick (União-AC), Sergio Petecão (PSD-AC) e Chico Rodrigues (PSB-RR).

Os deputados são Giovani Cherini (PL-RS), Rosana Valle (PL-SP), Roberto Monteiro (PL-RJ), Vermelho (PL-PR), Pastor Eurico (PL-PE), Arlindo Chinaglia (PT-SP), Odair Cunha (PT-MG), Paulão (PT-AL), Yandra Moura (União-SE), Damião Feliciano (União-PB),  Nelson Padovani (PR), Átila Lira (PP-PI), Marx Beltrão (PP-AL), Covatti Filho (PP-RS), Sergio Souza (MDB-PR), Gutemberg Reis (MDB-RJ), Luciano Azevedo (PSD-RS), Paulo Litro (PSD-PR), Celso Russomanno (Republicanos-SP), Carlos Gomes (Republicanos-RS), Renildo Calheiros (PCdoB-PE), Erika Hilton (Psol-SP), Renata Abreu (Podemos-SP), Beto Richa (PSDB-PR), Afonso Motta (PDT-RS), Heitor Schuch (PSB-RS) e Luiz Tibé (Avante-MG).

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image