26 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

SAÚDE Quarta-feira, 23 de Novembro de 2022, 14:30 - A | A

Quarta-feira, 23 de Novembro de 2022, 14h:30 - A | A

NOVEMBRO AZUL

Câncer de Próstata é tema de palestra para os colaboradores do Hospital Municipal São Benedito

Redação

Alertar e conscientizar as pessoas sobre o câncer de próstata é uma das premissas da Campanha Mundial Novembro Azul. Em apoio à causa, a Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP), que administra o Hospital Municipal São Benedito, e a Prefeitura de Cuiabá, realizaram na terça-feira (22), uma palestra sobre o assunto para os colaboradores da unidade hospitalar.  

O médico convidado dr. Jaime Comar Filho, especialista nas áreas da urologia e cirurgia robótica, abordou o tema com os colaboradores. Segundo ele, disseminar as informações sobre os cuidados é muito importante para fomentar o rastreio anual da doença e a buscar por ajuda médica.

O intuito é colaborar para o diagnóstico precoce. De acordo com o urologista dr.Jaime Comar Filho, o rastreio é importante, pois o câncer de próstata, quando em fases iniciais, geralmente não apresenta sintomas, e é a fase que se consegue os melhores resultados curativos. 

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

“Dificuldade para urinar, sangramento na urina ou no esperma, dores no quadril e nos ossos em geral, perda de peso, entre outros, são alguns sintomas que podem estar associados ao câncer de próstata, porém quando eles surgem normalmente à doença já se encontra em uma fase mais avançada, momento em que já não se obtém a cura com o mesmo sucesso” explicou. 

“O câncer de próstata, quando diagnosticado em fase inicial, tem 90% de chance de cura. O tratamento é individualizado para cada paciente, a depender do estágio da doença, e as opções vão desde a vigilância ativa, cirurgia ou radioterapia, se estendendo até tratamentos sistêmicos como quimioterapia e hormonioterapia”, completou. Sobre os exames de rotina, o médico urologista informou que a Sociedade Brasileira de Urologia recomenda como rastreio a realização do exame de sangue (PSA) e do exame digital da próstata (toque retal) anualmente para homens a partir dos 50 anos. Caso o paciente tenha fatores de risco para o câncer de próstata (ou seja, homens que têm parente de primeiro grau com câncer de próstata, homens negros ou obesos) deverá iniciar aos 45 anos. 

Diego Flores, diretor-técnico e médico do Hospital Municipal São Benedito, agradeceu a palestra ministrada pelo urologista Jaime Comar Filho. “Foi bem esclarecedora, e reforçou a necessidade do diagnóstico precoce do câncer de próstata, para aumentar a chance de sucesso no tratamento”, pontuou. 

O diretor-geral da ECSP, Paulo Rós, destacou a preocupação da gestão Emanuel Pinheiro quanto à necessidade de apoiar a Campanha Novembro Azul. “Levar a informação até as pessoas é uma forma de cuidado e atenção, principalmente para os profissionais da área da saúde, que precisam aprimorar o conhecimento sobre essa doença que é tão comum, bem como, orientar os pacientes sobre como buscar o diagnóstico precoce pela rede SUS”, concluiu.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image