15 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

GERAL Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2023, 11:33 - A | A

Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2023, 11h:33 - A | A

BONS RESULTADOS

Comércios tem grande movimentação nas compras desse final de ano

Redação

A expectativa do comércio é de crescimento nas vendas de final de ano, em relação a 2023. Compras de Natal irão movimentar R$ 2 bilhões em Mato Grosso neste ano. O gasto total dos consumidores com aquisição de presentes para celebrar a data mais aguardada pelo comércio serão 14,8%, maior que em 2022, estima a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Cuiabá. A maioria (79,6%) das pessoas entrevistadas na pesquisa realizada pela CDL de Cuiabá afirmou que pretende realizar compras no período que antecede a data comemorativa.

Mas antes tivemos a Black Friday, cuja previsão também é de um melhor resultado na comparação anual. Às duas datas comerciais, entretanto, estão bastante conectadas no planejamento de compras do consumidor brasileiro. Portanto, o comércio precisa de uma estratégia integrada para aproveitar as vendas de fim de ano.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Cada consumidor prevê adquirir, em média, 4 itens e desembolsar R$ 1.252,59, quantia 24,9%, superior ao investido no mesmo período do ano passado. Além disso, 57,6% dos entrevistados afirmam que optarão por parcelar os pagamentos das compras a prazo, sendopredominante o uso do cartão de crédito (80,9%), crediário (13,7%) e boleto (5,4%). O grupo de consumidores que pretende pagar à vista prevê usar cartão de débito (35,8%), dinheiro (32,1%) e PIX/ transferência (32,1%).

Os produtos mais visados são roupas e calçados (47,8%), brinquedos/ pelúcia (16,1%), produtos de beleza (15,7%), celulares/smartphone (4,9%), artigos esportivos (3,5%), eletrodomésticos (3,4%), móveis, em geral (2,5%), acessórios (2,1%), itens para decoração de casa (1,2%), viagens (0,5%), itens para decoração (0,5%), livros (0,4%) e outros (1,4%). Entre os locais preferidos para aquisição dos presentes estão o comércio de rua no centro da cidade (45,1%), seguido pela internet/sites (22,1%), shopping center (13,5%), lojas próximas nos bairros onde mora (9,9%), mídias sociais (2,3%) e outros (7,1%).

Sobre o planejamento das compras natalinas, 72,9% dos entrevistados ainda não começaram a pesquisar produtos, preços e nem quando comprar. Outros 73,2% pretendem ir às compras na semana do Natal e somente 25,1% comprarão antes da última semana da principal data do varejo brasileiro.

No Natal de 2023 os principais presenteados serão os familiares, sendo filhos (23,9%), cônjuges (20,4%), mãe (18,2%), pai (13,6%), sobrinhos (5,5%), irmãos (3,8%), namorados (1,8%), amigos (1,7%) e outros (11,1%). Nos encontros por ocasião da data festiva, 66,1% dos consumidores irão participar de confraternizações, das quais 88,5% no próprio município onde residem. Também está prevista a troca de presentes através de “amigo oculto”, opção citada por 43% dos consumidores.

Os dados levantados pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e analisados pelo Instituto de Pesquisa e Análise da Fecomércio Mato Grosso (IPF-MT) mostram um crescimento de 1,8% em novembro na comparação com o mês anterior, atingindo 104,3 pontos e permanecendo, inclusive, na margem de satisfação do índice pelo terceiro mês consecutivo.

A pontuação atual também é bem superior no comparativo com o mesmo mês do ano passado, quando somava 77,7 pontos, em margem de insatisfação. O crescimento no período, segundo análise do instituto, estão 34,2% superior e é o maior desde março de 2015.

“Os dados econômicos mostram uma tendência de aquecimento do comércio e serviços, com pesquisas mostrando um crescimento de 2,9% no volume de vendas do comércio e 18% nos serviços no estado. Esse cenário está conectado à retomada de atividades após a pandemia, que se mantém em crescimento, mesmo que em menor grau, como o saldo de empregos. Além disso, há uma consolidação melhor do que o esperado para o PIB e inflação do país este ano, o que ajudaram a manter os setores produtivos aquecidos”, afirma o presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau para o jornal Centro Oeste Popular.

Segundo o presidente da Fecomércio-MT, José WenceslaudeSouzaJúnior,asexpectativasparaocomércio nesse final de anos são positivas.“O comércio, em geral,doestadode MatoGrossotem sebeneficiado com as perspectivas otimistas de consumoporparte das famílias epara contribuir com este bom momento da economia, o Sistema Fecomércio-MT, por meio do Senac, realizou o programa Prepara Varejo 2023, capacitando nos últimos meses mais de 10 mil comerciantes, vendedores, empreendedores em todoestadopara asprincipais datas comemorativas e de vendas do comércio, contribuindo para uma expectativa ainda mais positivaneste fimde ano” contou.

José Wenceslau ainda revelou para equipe do COPopular quais serão os planos para os comerciantes no próximo ano e afirma que o futuro ainda é incerto.

“Considerando as expectativas positivas da economia, mais investimentos e empregos podem ser gerados para o próximo ano. No entanto, isso pode depender de medidas políticas que tendem a impactar as atividades desses setores, deixando as perspectivas dos empresários para o futuro incerto”, revelou.

“Ainda assim, os dados observados até o momento indicam influências positivas, principalmente do consumo das famílias, que contribuem diretamente para o setor terciário de nosso país e, consequentemente,denossoestado”, concluiu.

Veja os horários especiais para esse final de ano

O comércio varejista e atacadista de Cuiabá e Várzea Grande começaram a funcionar em horários especiais. Os novos horários desse período se aplicam tanto ás lojas de rua quanto aos shoppings centers. O setor varejista estará de portas abertas até às 22h de segunda a sexta-feira e aos domingos até às 20h. Já a partir de 11 de dezembro, os horários serão estendidos até às 22h. Os domingos permanecem até às 18h. Nas vésperas do Natal (24), as lojas vão até 20h. No dia 25, o comércio não funcionará. Já no Ano Novo no último dia do ano, lojas seguem abertas até às 20h. Dia 1º não terá expediente.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image