18 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

GERAL Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2023, 13:47 - A | A

Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2023, 13h:47 - A | A

2º PRÊMIO DE BOAS PRÁTICAS

Servidores da Politec ganham prêmio nacional com projeto que alia capacitação com qualidade de vida

Redação

Cinco agentes da Perícia Oficial e Identificação Técnica de Mato Grosso (Politec) conquistaram o primeiro lugar da categoria “Segurança Pública” no 2º Prêmio de Boas Práticas, promovido pelo Consórcio Brasil Central. Nesta categoria, Mato Grosso se destacou com um projeto que consiste na compensação de horas de cursos noturnos e de fins de semana com a carga horária mensal de trabalho.

A iniciativa de "capacitação com qualidade de vida e resultados" leva em consideração a entrega de um produto de qualidade desenvolvido com os ensinamentos apresentados no curso e relacionado com a atividade de trabalho.

A proposta surgiu após os peritos relatarem o conflito entre a necessidade de qualificação proissional continuada, manutenção da qualidade de vida e o curto período livre após a jornada de trabalho, destacando, especificamente, os cursos finalísticos realizados no período noturno e nos finais de semana.

Para a elaboração do projeto foi utilizada a metodologia “Design Thinking” (abordagem que centraliza as pessoas no processo de solução de problemas, promovendo colaboração e empatia com todos as partes interessadas), após analisar os fatores que impactam na satisfação e eficácia dos peritos criminais na instituição, considerando as avaliações da Qualidade de Vida no Trabalho e Motivação para Capacitação Continuada, assim como o compartilhamento de ideias.

Após a elaboração da proposta, foi realizado um teste para avaliar a solução final, utilizando um curso de especialização oferecido nos finais de semana, durante três meses, com aulas síncronas via internet, destinado aos peritos criminais da Politec.

Após o término de cada módulo de aula, o gerente da seção encaminhava para a Diretoria da Politec as declarações de frequência dos participantes, emitidas pela instituição que forneceu o curso. Em seguida, a Diretoria emitia uma comunicação interna autorizando a compensação de 21h do curso para abater na carga horária mensal de trabalho. O documento foi utilizado para realizar as justificativas no Webponto.

Por último, o gerente alimentava tabelas de controle das compensações de cada servidor para que a gerência não ficasse desassistida.

Compõem a equipe vencedora os peritos oficiais criminais Andrea Abilio M. Diniz Neuenschwander, Carlo Ralf De Musis, Ozlean de Lima Dantas, Tadeu Junior Gross e Fracielle Lima de Mello. 

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).



O perito oficial Carlo Ralph de Musis considera que o reconhecimento pelo prêmio reflete o impacto positivo que essas práticas têm não apenas nos servidores, mas também nos serviços prestados ao público.

“Esta premiação representa o reconhecimento do nosso compromisso contínuo com a inovação e excelência no serviço público, além de ser um marco importante na validação dos nossos esforços para melhorar a vida dos servidores. A iniciativa de capacitação que desenvolvemos concentra-se não apenas em aprimorar as habilidades profissionais dos servidores, mas também em promover um ambiente de trabalho mais saudável e produtivo. Ao investir em programas que focam tanto no desenvolvimento profissional quanto no bem-estar pessoal, conseguimos criar um ambiente onde os servidores se sentem valorizados e apoiados. Isso se traduz em melhor desempenho, pois servidores motivados e bem capacitados são mais propensos a oferecer serviços de alta qualidade à comunidade”, afirmou.

Os membros das equipes vencedoras receberão uma premiação no valor de R$ 20 mil em reconhecimento aos seus esforços e contribuições excepcionais.

2º Prêmio de Boas Práticas

A premiação tem por objetivo incentivar a melhoria contínua nos serviços públicos e promover a troca de ideias inspiradoras entre as sete unidades federativas que compõem o Consórcio, formado pelos estados de Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Tocantins além do Distrito Federal.

Todas as práticas inovadoras premiadas serão amplamente divulgadas, tornando-se modelos inspiradores para outras iniciativas em todo o país. O Consórcio Brasil Central acredita que compartilhar essas experiências é fundamental para enfrentar os desafios comuns encontrados nos serviços públicos, promovendo assim uma melhoria contínua e colaborativa em prol do bem-estar da sociedade.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image