28 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍTICA Quarta-feira, 23 de Novembro de 2022, 14:34 - A | A

Quarta-feira, 23 de Novembro de 2022, 14h:34 - A | A

MANDATO

Beto promete mandato municipalista e afirma que não irá se omitir em debates com governo

O futuro parlamentar aposta no diálogo para resolução de conflitos e, apesar de afinidades com Cultura e Esporte, irá trabalhar para atender as demandas de diversos segmentos

Redação

O deputado estadual eleito Beto Dois a Um (PSB) garante que será um parlamentar voltado aos municípios, e apesar de sua relação de proximidade com a Cultura e o Esporte, estará atento às demandas de outras áreas como a saúde, educação e assistência social. Ele também já adianta que não se preocupa em ter embates com o governador Mauro Mendes (União), apesar de estarem no mesmo grupo político.

“Eu tive oportunidade de estar em todo o estado fazendo uma gestão muito democrática para fazer o recurso chegar a todos os municípios, mas dia 1º de fevereiro minha responsabilidade aumenta. A cultura e esporte serão sempre meu carro chefe, mas saúde, educação, infraestrutura, assistência, todos terão espaço no meu mandato”, garantiu durante entrevista à rádio Metrópole FM 105.9, na manhã desta quarta-feira (23). 

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Beto afirma ainda que sempre trabalha pautado na busca por soluções e diálogo, e que, por isso, se coloca à disposição dos segmentos e municípios para ajudar a resolver possíveis problemas. O socialista afirma ainda que o fato de conhecer a máquina pública, principalmente a gestão do governador Mauro Mendes, facilitará na proposição de propostas mais realistas e positivas para as celeumas. 

O futuro parlamentar atuou como secretário de Mendes, tanto na época da Prefeitura de Cuiabá, quanto na gestão estadual, e acredita que isto irá ajudar nas negociações com o governo. Por outro lado, vaticina que encarar possíveis embates com o chefe do Executivo não será problema algum durante o seu mandato, mesmo com a proximidade mantida com a gestão estadual. 

“É comum esse questionamento sobre meu posicionamento, as pessoas entendem que posso ser influenciado pela gestão que fiz. É óbvio que tenho uma tendência natural de pensar muito parecido com este grupo político do qual faço parte há 10 anos, mas já tive debates históricos e homéricos com o governador, mas sempre venceu o bom senso e não vou ter dificuldade nenhuma em apontar quando o governo estiver errado”, afirmou. 

Beto Dois a Um lembra ainda que os parlamentares atuam na linha de frente e, por isso, na maioria das vezes, recebem as demandas antes mesmo dos secretários e do governador. Por isso, se compromete a cumprir seu papel de auxiliar o governo a fazer uma boa gestão e apontar as situações que estiverem indo para um caminho o qual ele entenda que seja questionável. 

“O governador não tem problema com crítica, mas fazer crítica a qualquer custo, aí é complicado. Este é um tipo de política que tinha que ser eliminada do nosso convívio. Já vi o governador voltar atrás diversas vezes e tomar decisão contrária ao que ele tinha imaginado, quando um deputado ou secretário mostrou um caminho mais plausível.. Eu tenho foco na solução e não no problema”, finalizou.  

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image