13 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

GERAL Sábado, 23 de Novembro de 2019, 14:21 - A | A

Sábado, 23 de Novembro de 2019, 14h:21 - A | A

IMUNIZAÇÃO

Estado distribui 35 mil doses extras de vacinas contra sarampo; jovens são público alvo

PNB Online

O Estado de Mato Grosso distribuiu no mês de novembro 35 mil doses extras de vacinas contra o sarampo aos 141 municípios. O objetivo da Secretaria de Estado de Saúde é manter os bons resultados apresentados por Mato Grosso, que está na lista dos 10 Estados que atingiram a meta de vacinação e há 20 anos não tem registros de casos da doença. 

 

Após primeira etapa da vacinação, realizada entre os dias 7 e 25 de outubro, voltada para a imunização de crianças de 6 meses a menores de 5 anos, o público-alvo agora é de jovens de 20 a 29 anos, que devem procurar os postos munidos de suas carteiras de vacinação. 

 

Apesar do quadro geral do estado ser favorável, alguns municípios ainda não atingiram a meta de imunização estabelecida pelo Ministério da Saúde. Trinta e oito cidades ainda estão distantes do quantitativo ideal de pessoas imunizadas e a cobertura é considerada baixa, como afirmou secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, em entrevista à TV Centro América nesta quinta-feira (21): 

 

“A maioria dos municípios do Estado já atingiu a cobertura, 103 cidades atingiram a meta, mas temos 38 municípios que precisam fazer um esforço para atingir a meta. Isso é preocupante, pois em alguns municípios o índice é inferior de 50%. Precisamos atingir a cobertura vacinal de todas as cidades do Estado”.

 

Entre os municípios que apresentam índice baixo de cobertura vacinal estão Chapada dos Guimarães, Rosário Oeste, Santo Antônio de Leverger e Várzea Grande. 

 

Sobre o sarampo

 

O sarampo é uma doença viral altamente contagiosa, que pode evoluir para complicações graves e óbitos. A doença é transmitida por meio das secreções expelidas pelo doente ao falar, tossir e espirrar. O comportamento endêmico/epidêmico do sarampo varia de um local para outro e depende basicamente da relação entre o grau de imunidade e a suscetibilidade da população, bem como da circulação do vírus na área.

 

 
 
 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image