28 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLICIA Quinta-feira, 03 de Novembro de 2022, 09:37 - A | A

Quinta-feira, 03 de Novembro de 2022, 09h:37 - A | A

EM CONFRESA

Condenado por homicídio ocorrido há 32 anos em Tocantins é preso no interior de MT

Redação

Um foragido da Justiça de Tocantins, por um homicídio ocorrido há mais de três décadas, foi preso nesta terça-feira (01.11), pela Polícia Civil, no município de Confresa, na região nordeste de Mato Grosso.

O paradeiro de J.A.G, de 58 anos, foi descoberto após investigação da Delegacia Regional, por meio do Núcleo de Inteligência e da Gerência Estadual de Polinter e Capturas. 

Após identificação do local onde o foragido estava residindo, a equipe da Delegacia de Confresa deu apoio e fez a prisão, na zona rural do município.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

A ação para prisão do foragido faz parte da Operação Amón, deflagrada pela Polícia Civil para dar cumprimento a mandados judiciais expedidos pelo Poder Judiciário. O nome Amón é de origem grega e quer dizer oculto ou escondido.

Homicídio

O foragido é apontado como autor do homicídio, ocorrido em 1º de julho de 1990, tendo como vítima Wilmar Cardoso dos Santos. A prisão definitiva do autor foi decretada pela Vara Especializada no Combate à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, da Comarca de Gurupi.

Wilmar foi morto com disparos de arma de fogo pelo condenado, que quis se vingar, depois de ser atingido na cabeça durante uma briga ocorrida anteriormente, em um bar da região. Contudo, em depoimento prestado à Polícia Civil de Tocantins, em março de 1991, o autor do crime declarou que acabou cometendo o crime contra a pessoa errada.

De acordo com a investigação, por volta das 2h da madrugada do dia 1º de julho de 1990, a vítima foi morta com disparos de arma de fogo, em um campo de futebol. O autor, com seus irmãos, chegou em um bar, onde estava a vítima, e pediu que a irmã atraísse Wilmar para fora, para que efetivar a vingança. A vítima foi levada ao campo de futebol, onde o acusado efetuou os disparos.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image