25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLICIA Quarta-feira, 23 de Novembro de 2022, 11:02 - A | A

Quarta-feira, 23 de Novembro de 2022, 11h:02 - A | A

FLAGRANTE

Polícia esclarece furto em ótica em Várzea Grande com prisão de suspeito e de receptadora

Redação

O autor do furto qualificado ocorrido em uma ótica na região central de Várzea Grande foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na terça-feira (22.11), poucas horas após a equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos do município (Derf-VG) tomar conhecimento dos fatos pela imprensa. 

O suspeito confessou o crime e foi autuado em flagrante por furto majorado pelo repouso noturno e qualificado pela destruição de rompimento de obstáculo e concurso de pessoas. Na mesma ação, uma mulher que adquiriu óculos furtados da loja também foi presa em flagrante pelo crime de receptação. 

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Antes da vítima procurar a delegacia para registrar o boletim de ocorrência, os policiais da Derf-VG tomaram conhecimento dos fatos pela imprensa e iniciaram as investigações. Em diligências no estabelecimento comercial, foi confirmada a ocorrência de furto com prejuízo de aproximadamente R$ 25 mil para a empresa. 

Durante as diligências, os policiais conseguiram identificar e localizar um dos autores do furto, que confessou a sua participação no crime. Questionado, ele disse que praticou o furto com o intuito de conseguir dinheiro para fazer uso de drogas e que não conhecia o seu comparsa, tendo se unido a ele apenas para a prática do crime. 

Em continuidade às investigações, os policiais também localizaram uma mulher que havia adquirido do suspeito três óculos subtraídos da empresa. A suspeita também foi conduzida à Derf-VG e responderá pelo crime de receptação. 

O suspeito possui 16 passagens criminais pela prática de roubos e furtos, além quatro condenações também por crime de furto e estava em liberdade mediante uso de tornozeleira eletrônica, porém deixava o dispositivo desligado para dificultar a sua prisão em flagrante. 

A delegada titular da Derf-VG, Elaine Fernandes de Souza, destaca a importância do registro do boletim de ocorrência, logo após os fatos. “O boletim de ocorrência é a forma como a Polícia toma conhecimento dos fatos, sendo necessário o registro como o fim de possibilitar o início imediato das diligências e garantir que seja possível a prisão em flagrante do suspeito, assim como a recuperação dos bens subtraídos.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image